domingo, 13 de julho de 2008

Sobre Lutero, Calvino e a Missão (se der tempo)


Deus preparou uma igreja, cujos membros Paulo compara muito justamente a soldados - para lançarem-se em resgate dos que perecem. Em vez de pensar e contemplar, lancemos-nos com amor ágape sobre os viciados, os mendigos, os doentes, os deficientes, os aprisionados - enfim, sobre aqueles que são os últimos da terra.
O tempo finda; concentre-mo-nos no principal. Ele não veio pelos sãos...

Passeando por aí, vejo e fico alucinado acerca do pensamento de certa corrente teológica. Admiro a corrente, mas não compreendo a ação(?) de seus partidários. São excelentes homens e mulheres postos a pensar o quanto, e até que profundo ou infinito nível, somos bonecos de Deus, se é possível ou não alguma autonomia... Tal questão acaba exigindo uma reflexão tão profunda, que acaba paralisando a muitos nisto: em contemplar tal problema e os universos sem fim onde chega a infinda Graça.

Maravilhosa a Graça. Sem ela não estaríamos aqui.

Estranho que nos sites e blogs referidos não há nada sobre missões, nada sobre evangelização. NADA. Só teologia, muita, muita. Muitos sites, blogs. Muita teologia. Os que se salvarão já estão marcados. Eu sou um dos marcados. Me deixe em paz, para contemplar a maravilha da Graça Soberana.

Cara, isso me cansa. Me perturba. Tenho me segurado a um tempão - prefiro republicar textos e materiais edificantes e fazer o que me foi proposto a ficar emitindo minha opinião, pois como o burro do ditado, sou o primeiro a abaixar a orelha. Mas eu tenho que dizer.

Eles são os arautos da 'inação crítica', um termo que fui obrigado a criar (perdoem este muar) para exprimir esta arte magnífica do não fazer nada e criticar os que fazem. Alguém está dormindo enquanto as almas perecem - alguém nunca conseguiu dar um folheto evangelístico a outro alguém. E compra todo mês três livros de teologia.

Me perdoem se ofendo alguém, mas da reflexão e embate de idéias pode surgir uma mudança de pensamento em um dos lados. De mais, sou meio pragmático, e prefiro SEMPRE a ação às palavras, e vou acabar sempre (sina radical que a Graça me conferiu) me pondo contra os palradores.

Claro que a cada dia desejo aprender mais de Deus - e Ele sabe quantos mistérios espero conhecer, quando estiver Lá, diante de Seus pés. Ele sabe de onde me tirou...

Mas se eu não cumprir minha missão aqui, se eu não repetir Cristo aqui e em mim, se eu não me lançar na missão única - resgatar os prisioneiros das trevas - então minha biblioteca terá sido em vão, pois TODAS AS TEOLOGIAS DO MUNDO ME SERÃO INÚTEIS NO INFERNO.

Eu tinha que dizer.

Sammis Reachers

Um comentário:

Lela disse...

oi,acabei lendo seu artigo, e gostaria de perguntar se vc generalizoutodas as pessoas que fazem teologia?pois pessoas como eu que fazem teologia e que entrou no blog pensando encontrar algo serio fica complicado, entendo perfeitamente sua posição,porem existem teologos disponiveis a fazer a vontade de Deus e não ter a sua vida por preciosa.desculpa não sei se entendi bem, mas penso que vc pode criar algo onde não seja pra brincadeira nem pra passar o tempo, mas se quer mostrar a sua indignação, mosre com seriedade afinal vc diz: criei este blog pra brincar relaxar.E será que e stas são atitudes de quem quer mudar ou influenciar?Se vc quer mostrar o quanto isto tem prejudicado a igreja, então faça todas estas coisas e mostre aseriedade que elas possuem. fica na paz do senhor e perdoe se não fui objetiva ou pouco direta.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...