terça-feira, 10 de novembro de 2009

SHIN NAGUMO, Consultor de empresas - Jesus mudou a minha vida

(Para ler outros testemunhos CLIQUE AQUI)


Vivi a minha infância como um caipira do interior de São Paulo. Eu morava em um sítio, era um menino levado, nadava nos córregos e riachos, passava pelos pastos, corria dos bois, e Deus já me protegia. Minha saúde, porém, era frágil, tive malária, tremia com qualquer mudança de temperatura. Hoje não trago nenhum resquício da doença.

Aos 11 anos, meu primeiro desafio foi usar sapatos. Meu avô havia vendido a fazenda e nós tivemos que nos mudar para a Capital, para que eu e meus irmãos pudéssemos estudar. Para um menino criado descalço (eu podia pisar até em prego sem sentir nada) usar sapato foi um sofrimento. Tive que me acostumar aos poucos: no começo, usava apenas 15 minutos; depois, uma hora, três... Até habituar-me completamente foram dois meses de adaptação.

Em São Paulo era tudo novo para mim. Eu nunca tinha visto um automóvel. Como a escola ficava no centro da cidade, devo ter dado muito trabalho aos anjos que Deus colocou para me proteger.

Durante o curso colegial, trabalhando de dia e estudando à noite, surgiu uma oportunidade que, se eu a tivesse aproveitado, poderia ter-me tornado milionário. Meu tio ofereceu-me sociedade na torrefação de café que possuía, e onde ele ganhava muito dinheiro na época. Havia, porém, um detalhe importante: a firma emitia notas fiscais com valor menor do que era cobrado, pagava suborno aos fiscais, e eu disse que esse tipo de negócio não faria. Por isso fui obrigado a morar em uma pensão. Mas, como não tinha dinheiro suficiente para estudar e me sustentar, minhas refeições eram o almoço da pensão e, à noite, um pão com água. Com 22 anos de idade, eu já sabia o que era passar fome. O lado bom de tudo isso foi que eu estudava feito louco para ser o melhor aluno, entrar para a faculdade e nunca mais sofrer por falta de comida. E consegui: ingressei no ITA -Instituto Tecnológico da Aeronáutica, na época a melhor escola de nível superior do país. Se não tivesse passado fome, talvez eu não tivesse tido êxito no vestibular.

Mas, esse sucesso pessoal tornou-me um rapaz arrogante e teimoso. O mundo havia me ensinado que tudo tinha o seu preço. Até que conheci uma família muito especial, a família de minha esposa. Ali todos pareciam muito felizes e diziam que eu também poderia ter a mesma felicidade - e isso era tudo o que eu queria. Era, no entanto, uma decisão difícil de assumir, pois até então eu me considerava o centro, e achava que as vitórias que havia conquistado eram frutos da minha própria habilidade.

Mas, acabei cedendo e dando oportunidade para que Jesus se tornasse o meu senhor e salvador. Foi a melhor coisa que fiz, pois essa decisão transformou toda minha vida.

Aqueles que eram meus concorrentes na escola viraram meus amigos - vieram me buscar para um desafio profissional, o primeiro que eu enfrentaria depois de formado: mudar toda uma cultura dentro de uma empresa japonesa, no sentido de fazer com que funcionários brasileiros assimilassem o sistema de gerenciamento utilizado na matriz oriental. O que os diretores não sabiam é que, junto com aquele engenheiro recém-formado, eles estavam contratando também um consultor muito importante: Jesus Cristo. Ele me acompanhou por todas as empresas pelas quais passei e me acompanha até hoje. Todas as empresas para as quais fui chamado com a missão de estruturá-las eram pequenas e falidas; depois saíram do prejuízo e se tornaram multinacionais.

O mérito, no entanto, não é meu, mas de Deus, pois aprendi a deixar tudo nas suas mãos. Em todos os meus trabalhos é Ele quem me direciona. Sou apenas um instrumento em suas mãos.

Tudo porque um dia eu declarei que Jesus Cristo é o meu Senhor e Salvador!

__________________________________
Shin Nagumo é engenheiro aeronáutico, consultor de empresas e membro do Comitê Nacional da ADHONEP

Via http://www.evangelica.com.br

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...